Ortodontia e Osteopatia – Implar

Ortodontia e Osteopatia – Implar

Ortodontia para todos

ortodontia-implarA falta de alinhamento dos dentes contribui para a desarmonia facial, mascarando a beleza, e muitas vezes transformando crianças sorridentes e felizes em jovens adultos tímidos e retraídos, isso porque crianças que apresentam dentes tortos principalmente na idade em que estão  desenvolvendo a sua socialização são alvos de brincadeiras e críticas.

A ortodontia pode contribuir para a beleza do seu sorriso e para a beleza do sorriso de seu filho, proporcionando a felicidade, e a alegria de sorrir.  Possibilita também uma relação de mordida que proporciona uma alimentação correta, prevenindo distúrbios em todo sistema digestivo.

De preferência a ortodontia deve ser realizada durante a fase de crescimento, por isso a mãe deve estar atenta e procurar atendimento para a criança durante a troca de dentes decíduos (dente de leite), dessa maneira é possível prevenir e interceptar problemas na relação de mordida.

A ortodontia evoluiu e hoje está disponível para os adultos, inclusive para aqueles que apresentam–se na terceira idade, pois com a ortodontia associada a outras áreas da odontologia como, por exemplo, a reabilitação oral é possível reconstruir o sorriso a qualquer momento.

Osteopatia aplicada

Disfunção Temporo mandibular (Dtm)

A indicação da osteopatia é precisa quando se busca resposta analgésica rápida. Entretanto além da questão das dores, é indicada no tratamento das disfunções do corpo humano, principalmente mecânicas, onde ocorre uma alteração da função de alguma estrutura.

osteopatia-implarO fisioterapeuta Dr. Elton Luís Godoy Landre é um dos pioneiros na utilização da Osteopatia como forma de tratamento na região  do Sul de Minas, membro do corpo clínico do IMPLAR.  Atualmente desenvolve tratamento para disfunções da ATM (articulação temporo mandibular) utilizando a osteopatia.

A osteopatia é uma delicada e complexa ciência de engenharia humana que lida com todas as fases do corpo humano. Possui uma metodologia própria de diagnóstico e tratamento que objetiva reestabelecer toda a unidade corporal através de uma intervenção manual.

Por ser fundamentada no conceito de que todas as partes e sistemas do corpo funcionam de maneira integrada, a intervenção osteopática procura ser bem sucedida não somente em corrigir doenças e disfunções, como também em manter o corpo em um estado no qual dificulte a manifestação de diversos sintomas e doenças.

A Associação da Osteopatia com procedimentos odontológicos produz excelentes resultados no tratamento das Dtm’s.

atitude-e-empreender